quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Solange Couto - Atriz

Solange  Couto  nasceu em São Luis do Maranhão,  no dia 1 de julho de 1957. Seu nome inteiro é Solange Couto dos Santos. Mulata muito bonita, começou sua carreira artística aos 16 anos, com o apresentador Oswaldo Sargentelli, que apresentava um show de músicas, com mulatas, na Boate Sucata. Ele ficou encantado com ela e a convidou para fazer um teste já na tarde seguinte. Solange foi aprovada e "aconteceu', ao se apresentar à noite. Daí nasceu uma parceria e uma amizade de muitos anos. Ela protagonizava 23 dos 26 quadros apresentados no show "Saravá Iemanjá". Solange começou a chamar Sargentelli de "paizão", e foi ele que a ajudou na carreira, quando, por exemplo, ela passou num teste da TV Bandeirantes para a novela: "Os Imigrantes", mas se chocou , ao ver que o pagamento ia ser dez vezes menor, do que o que ela ganhava na boate. Aí Sargentelli lhe pagou a diferença, por vários meses. Depois ela própria foi aprendendo a se defender e a se encaminhar nas emissoras e assim  ele deixou de pagar. Em 1978, Solange já havia feito o filme: "A Dama da Lotação". E em 1981, "A Noite dos Bacanais". Na  televisão, após Imigrantes, fez"Imigrantes-3º Geraçào"; e "Campeão", na Band. E na Rede Globo , fez:"Voltei Pra Você"; "Tenda dos Milagres"; "Sinhá Moça". Depois fez na TV Manchete:"Kananga do Japão". E novamente na Globo": Escrava Anastácia"; "Araponga";"Deus Nos Acuda"; "Renascer"; "Agosto"; "A Viagem"; "Tocaia Grande"; "Você Decide";"Dona Flor e Seus Dois Maridos"; "Chiquinha Gonzaga"; "O Clone"; "Kubanacan"; "Da Cor do Pecado"; "América"; "Começar de Novo"; "Amazônia", "Sitio do Pica-Pau Amarelo". Atualmente (2007)  a atriz está na T V Record e participa na novela:"Caminhos do Coração".    
 Solange Couto foi casada duas vezes. A primeira com o cantor Sidney Magal, de quem se divorciou e a segunda com Widson Cordeiro. Ela é mãe de dois filhos: Márcio Felipe e Morena Mariah.
 Foi muito comentado, no tempo da novela "O Clone",o seguinte acontecimento. Solange Couto fazia uma dona de um bar, onde recebia cantores e artistas. Era o Bar da Jura. Oswaldo Sargentelli, amigo antigo de Solange, foi convidado e participou com ela em um alegre capítulo da novela. Houve grande emoção no reencontro, mas Sargentelli teve um enfarte no dia seguinte à gravação e veio a falecer. Solange se desesperou, mas foi consolada pelo filho dele, que disse à ela:"Meu pai sempre quis morrer, cercado de música, de alegria e de  mulatas"E foi exatamente isso que aconteceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário